Primavera/verão 2021: confira seis tendências de bolsas para a temporada

styling da Fendi deixa a imaginação livre para decidir o que vale levar dentro desta cesta, que foi um entre outros modelos com essa referência na coleção.


Passada a programação das últimas semanas de moda, a atenção se volta para os detalhes das coleções de primavera/verão 2021. A cada estação, as bolsas são tão aguardadas quanto as roupas e os sapatos – ou até mais – e surgem com novos detalhes e formatos à medida que modelos inéditos são apresentados. Ou, então, peças clássicas são atualizadas nas passarelas. Dentre as novidades da próxima temporada, seis tendências possivelmente serão vistas nos feeds do Instagram (ou nas ruas, se a pandemia permitir) em 2021, como bolsas com aspecto de rede ou de gaiolas, tote bags em tamanho máxi e textura de couro de crocodilo.


Estilo rede (ou gaiola)

Grifes como Burberry, Dior e Simone Rocha trazem bolsas com detalhes vazados que dão um aspecto de rede de pesca. Claro que nada poderia ser tão óbvio: elas são decoradas com pedras, contas transparências e tassels. Funcionam como um acessório despojado e, dependendo do modelo, um truque válido é carregar outros modelos menores por dentro.


A dica se aplica ainda mais nas opções que têm um design mais estruturado, a exemplo do que fizeram a Fendi e a Chanel. No caso da marca francesa, o próprio styling do desfile sugeriu essa ideia. A marca italiana, por sua vez, usou PVC reciclado para criar as cestas de compras.

Bolsa decorada da Burberry, que remete a uma rede de pesca
Bolsa decorada da Burberry, que remete a uma rede de pesca


Esta bucket bag da Dior também tem um design telado, mas é um pouco mais rígida e adornada com tassels

Simone Rocha esbanjou decorativismo com os detalhes destes modelos



Na passarela da Chanel, um modelo que remete a uma gaiola, com uma sugestão: que tal usar uma outra bolsa por dentro?




Palha

As últimas temporadas provaram que os acessórios confeccionados com palha ou junco deixaram de ser itens de praia para invadirem as ruas. Na primavera/verão 2021, não será diferente. As bolsas apareceram nos formatos tote e bucket nas passarelas de marcas como Etro, Ulla Johnson e Altuzarra. Tom Ford apostou em uma opção bem discreta com fechamento flap, enquanto a Fendi traz uma opção retangular estruturada, que funciona como mala.


Mala retangular da Fendi, com detalhes de couro



Tom Ford apresenta um modelo mais discreto, que funciona em várias ocasiões do dia a dia


Totes em tamanho maxi

As tote bags, modelos superfuncionais, chegam em tamanhos ainda maiores, para guardar uma imensidão de objetos do dia a dia. A Tod’s, por exemplo, apresentou uma versão em formato de trapézio que oferece, ainda, as divertidas e trendy estampas de vaca.


Por dentro e por fora, a versão da Altuzarra é trabalhada em textura



A Balmain apostou no monograma PB, que também aparece nas roupas

Na Altuzarra, o acessório ganhou textura, enquanto a Valentino encheu um modelo laranja com tachas. O tamanho máxi das bolsas tote também aparece nas coleções da Khaite e da Balmain, que apostou na logomania.


Detalhes franzidos

Falando em um ar mais despojado e descontraído, as bolsas com detalhes franzidos são perfeitas para isso, pois contrastam com o tom mais sério dos modelos estruturados e de linhas limpas. Para a próxima temporada, as ondulações aparecem em modelos de etiquetas como Eudon Choi, Chloé e Mark Fast. Este último faz uma escolha de cores interessante, com um efeito grafitado. Na Isabel Marant, destaque para um acessório franzido e prateado, enquanto a Loewe traz uma opção que imita as dobraduras de um acordeon.

Mark Fast traz esta bolsa com cores grafitadas e design franzido



Destaque para o prateado deste modelo, da Isabel Marant


Textura croc

A textura sofisticada e cheia de presença do couro de crocodilo também deu as caras em algumas bolsas da temporada, seja em matéria-prima verdadeira ou não, com opções texturizadas. Na Givenchy, que teve a coleção de estreia do estilista Matthew M. Williams na direção criativa, vale ficar de olho nas versões oversized da bolsa Antigona. O detalhe aparece também nos acessórios de labels como Loewe, Tod’s e Peter Do.

Versão maxi da bolsa Antigona Soft com textura de crocodilo



Nesta, os detalhes são ainda maiores, para acompanhar o tamanho da bolsa


Variações do fechamento flap

Os últimos desfiles de spring/summer foram repletos de bolsas do tipo flap, com uma aba de fechamento, detalhe pelo qual a Chanel é conhecida. A maison, inclusive, tem uma bolsa chamada Classic Flap.


Há vários estilos: alça de pérolas da Chanel; corrente de ombro, da Versace; uma carteira para usar na cintura, da Balmain; um modelo leve da Chloé; e, por fim, uma bolsa Devotion gigante, da Dolce & Gabbana.

Bolsa com fechamento flap, da Chanel, decorada com pérolas na alça



A linha de bolsas La Medusa, com essa alça de corrente, é uma estreia da primavera/verão 2021 da Versace

Carteira da Balmain, para usar na cintura


Esta, da Chloé, tem uma pegada minimalista

Variação gigante da linha de bolsas Devotion, da Dolce & Gabbana

As bolsas de primavera/verão 2021 chegam às lojas só no ano que vem, mas, até lá, muitos detalhes ainda podem ser observados nas coleções para a temporada com apostas para as estações quentes!


Fonte: Metrópole

Fotos: Reprodução/Divulgação


Acompanhe-nos pelo Instagram: @LojaSaison




MAIS ACESSADAS:

Coleção Malharia Retilínea

Chegaram os queridinhos da estação

LIQUIDAÇÃO: moda com desconto pela metade do preço